fundinho do baú

A NATUREZA PEDE PAZ

E a cada dia
O coração se aquece
Em um novo alvorecer
Mesmo se estamos dormindo
Quando o sol nasce
Já sentimos o conforto
Do calor que se aproxima
Uma energia vital
Que nos anima...

E daí podemos sentir
O pulsar latejante
Da mamãe natureza verdejante
A esboçar um sorriso matinal
Espreguiçar sincronizada
Com o respirar profundo da Terra
E exclamar; Estou viva!
Entre filhos e amigos
Pra mais um dia de paz

                                Teresa Jardim

(publicado no "Diário de Catalão" em 18.09.2003)
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

point

alívio

quem sabe faz ao vivo