segunda-feira, 5 de maio de 2014

super- homem


SUPER- HOMEM


estilhaços de luz
respingos de energia
do sol/ de som
ficção  e fantasia

_O biólogo por dentro da biologia. 

o poema que se lê
é apenas a casca áspera
de uma fruta fresca que eu acabei
de consumir 

fica a sugestão 
prá que você mesmo 
faça a digestão
das frutas/ ao bagaço

tudo é forte/ tudo é aço


Teresa Jardim - 05.05.2014