sei não

TÁ MALUkA, TÁ PIRADA

O que fazer? 
pagar a louca
sentindo-se
menina pra
toda a vida!
Pensar que
Se está para
sempre na batida.

Ou resignar-se 
com a regra social
e mofar num canto
sexualizando
a solidão?
Nem não:
Não chegou o tempo
da resignação.

Gatos passam 
fazendo miau...
E no máximo
o que eu faço?
Dou só uma
piscadinha, um alô
uma bolinha!
E largo na pista...

Uma pipa  colorida
solta  no espaço
um skate de aço
uma bike de louça.
E a sua indignação 
morrendo na praia,
queima na areia
Evapora no ar!


29/06/2015
Teresa Jardim

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

point

alívio

apenas uma resposta