luciana borges/ 2015


                                                                                                                                                  







Luciana

ETERNA BUSCA                                                                                                                                          

Procuro uma mão que segure a minha
Como um ser social buscando a paz
Segurança trazida por este corpo a meu lado
Que possa abraçar quando sentir solidão
Na certeza de que sempre estará aqui
Tranquilizando meus medos de enfrentar o mundo

Procuro os olhos que me sorriem quanto escondo os meus
Na incerteza e contradições de tudo
Um lugar onde posso repousar meu corpo cansado e sofrido
E sempre estará lá
Bastando que eu chegue e me sinta em casa
Um refúgio onde possa me aquecer do frio do mundo


Será eu esta mão solitária?
Desviando dos abismos da entrega
Assim estou e me sinto

Olhos brilhantes serei eu?
Vagando a encontrar razões para lutar
Neste sombrio mundo onde não se pode esperar por ninguém!!!


Luciana Maria Borges/ 2015
Geógrafa, bióloga, compositora, escritora, cantora, amante da natureza da música, do bom senso e do respeito. Amante da vida, do amor e da paixão
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

point

alívio

quem sabe faz ao vivo