Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2016

MILICA SÂ de Salvador

Imagem
da série: "Poetas do Pelô"
(autores de Salvador)

MILICA Sà /  2016
_Especial!

RECUPERAÇÃO

Estive doente
Sem expectativas, sem decepções
doente e cansada
Um corpo que mal reagia
a qualquer comando
Sem expectativas, sem decepções
que lhe fora dado
.
Por dentro, gelo
Por fora, fogo.
por hora, morro.

Estive doente
e cansada
Um quase amor
que me deixou
quase viva.
Alguns me indicaram
um polivitamínio
Outros
Um poliamor.

E eu ainda estou
em fase de tratamento...


Milica Sã  (poeta baiana, cantora e modelo fotográfico)




mais....Geraldo Figueredo

Imagem
da série: POETAS DE SALVADOR



MAIS...GERALDO FIGUEREDO/ 2016




Gato não cai de costa

O céu cinza chumbo...Trovejou!Acho que haverá chuva.Chove.O morro...O guarda chuva
Ouço passos apressadosVejo uma viúvaLeva uvas
InesperadamenteUm passo em falsoÉ delaA mente reproduz um cadafalsoO escorregãoO tomboNo pensamento-leque:_ Um rombo?
Eu vejo uvas indo ao chãoE da viúvaA mãoIncontinentementeProtege o lomboE o raio raciocínio que da mente abundaAlerta: a bunda não,A mão.
Geraldo Figueredo(poeta do Pelo)

Abaianada

Imagem
BENÇÃO ( l )                                                                                            Pelourinho
Em SalvadorTemporadaÉ tudo ou nadaSalve a dorDa genteTão sofridaE humilhada...
Salta aos olhos Do turistaA baianadaGringo comeCocadaColar no pescoçoFita amarrada
Gente dormindo Acordada ( jazz )Onda que vem...Ao pé da estradaMúsica rolandoChapéu do HippieSentado na calçada
_É tudo ou nada!


01\01\2016
Teresa Jardim