Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2015

Teresa J. 26/02/2015

Imagem
super concreto

ECO LÓGICO LÓGICO LÓGICOLOUCURA CURA CURASARACURA & CAPIVARATAMANDUÁ - BANDEIRABANDEIROLA ROLA ROLA
CARAMBA CARA CARETAETA ETA ETA CARACA ECA SAPECAPETECA & BOLA
ÔLA ÔLA ÔLA

atitude

Imagem
ATITUDE

SE O PASSADO JÁ PASSOUO FUTURO AINDA VIRÁE O PRESENTE SÓ  DEPENDE EXCLUSIVAMENTEDA GENTE QUERERM E L H O R A R

23/02/2915 teresa jardim

fundo do baú 3

Imagem
FUNDO DO BAÚ   3


Deus e o mundo
Aquele que fala do desejoImpulsiona a válvula do amorEis a graça que sobravaDerramada em leite solarUm sentir interplanetárioQue se transportaO traço do arco-iris que se tocaAlguém que se importaEssa amizade flamejanteQue esclarece e nos confortaEnaltece o nosso viverEsse meu querer bemEsse meu bem querer
Teresa Jardim

Vertigem
Gente do meu chãoParceria da minha vidaSangue da minha saliva
Filho dos meus carinhosTerra do meu caminhoVinho do coração
Parte de gente lindaParto de um novo tempoBronze da minha estátua
Chama viva do Amor

Teresa Jardim/  novembro de 1994

mitológico

Imagem
FUNDO DO BAÚ    2


     "MITOLÓGICO"


Apenas uma poesiaAlgo que em sua plenitudeTranscendaTransite livre sobreO universo líricoTermoNum fluxo orgásticoEspalmando feito ondasQuebrando na areiaEm harmonia sonora e Serena a todos os Elementos vivos do planeta 
1994/ Teresa Jardim

fundo do baú

Imagem
do fundo do baú... 1

RESGATE (JÁ É)
Eu não tenho medo de te perderporque não acho que vocêtenha que a mim pertencerO fato de, eu te amarjá o é, por si mesmo.
_Ao amor não existem regras...Só a liberdade de praticá-lojá evidencia o sentidoda própria espontaneidadeda minha vida também.
Teresa Jardim 94/ 95
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
NÃO ESQUENTA
Não se apoquentese acaso a noitelhe parecer longaou até mesmotenebrosa...Não se perde por esperar
Pois quando reabrires os olhos verásbrilhar sobre sua retinaum primeiro faixo de solfazendo reluziro seu lindo coração

Teresa jardim/ 94





"a pomba" de Reynaldo Jardim

Imagem
PAPI POETA III


A POMBA

A pomba é branca,branca de giz.No quadro negro,escreve o giz.A branca pomba 
é bem capaz
de fazero que o giz  faz:gastar seu corpofazendo paz.
Reynaldo Jardim




PÁSSARO
Para um pássaromais vale um voandodo que dois na mão,sete na gaiola.O caçador de pássarosignora a sabedoria do vooe impede Deus de flutuar no espaço.
 Reynaldo Jardim

A PAZ






A PAZ
Dormida sobre a chão ela repousa.E é preciso fazer com que ela saltenum voo largo sob o céu de esmalte,num voo sempre sobre cada coisa.
Reynaldo Jardim









































estrelinha de papel

Imagem
ESTRELA DE PAPEL


NASCE UM..........POETA

UMA ESTRELA...NO CÉU

UM SOL..........DE PAPEL

BROTA OU.............CRIA

MAIS UM.........FILHOTE

CRESCE E........ARREPIA


03/02/2015_teresa jardim

ser poeta

Imagem
 POETA PROFISSA
Ser poeta, carregar no peitoa alma da poesia,pensar a vida diferentefugindo da rotina redundantenão se massificar totalmentenão se cristalizar na correnteum tanto quanto hippieum tanto índio- agricultorQuando poetateria quer ser atleta- cantorseja como forreverter a dorno mais puro... do amorna alquimia das palavrasser poeta indicaser livre para o maralma fluida & corpo sãoEstar poeta desfilar com o coraçãona praça pública
dos apaixonadosmergulhando de cabeçano lago da Sensibilidade,
indo bater de frentecom a almejada verdade.

Só voltar revigorado trazendo para o presenteo melhor do seu passadosabendo que nunca
se está sozinhoQuando se está iluminada.
04/02/2015_Teresa Jardim

bicho- preguiça

Imagem
BICHO- PREGUIÇA
_Uma árvore não apenasconvida ao abraçocomo por si sójá realiza o maior deles._Oferecendo sua sombrapara uma lombra(os seus frutos) com generosidade._Sua copanos acolhenos protegede verdade. _Sob ela amarra-se a redecontempla-se a luae as estrelas._Sobre elas na florestamacacos pulam e brincampássaros decolam e aterrizamdescansam e se alimentam_A árvore fomenta a vidae nos arremete a um mundo dealegrias- magia.
por Teresa Jardim_03/02/2015

papi poeta

Imagem
PAPI POETA
REYNALDO JARDIM

A água vegetal
murmura.
         Meninos,
projetos de ternura.



A CABRA




Eu vejo uma escultura de Picasso.E uma cabra emotiva,quase pássaro.E tem a solidezde coisa em aço.Mas deve ser de bronzepelo trato.Tem a aridezdo duro cacto.E tem a placidezde lebre ou gato.Mas é seca e hostil,sem aparato.Está firme e de pétal fosse um marco.Está feita de nervostraço a traço.Dos nervos indomáveisde Picasso.
Reynaldo Jardim(descrição de gravuras)SANGRADAS ESCRITURAS/ pag 111



Homenagem / Reynaldo Jardim

Imagem
                                                                 REYNALDO JARDIM
                                                              13/12/1926_02/02/2011

PRIMEIRA LIÇÃO 


Algo e  preciso dar
e não reter, não mentir
não trair, não subornar
o próprio coração
(mas dar pela razão).

Algo e preciso dar,
mesmo a terra de uso.
Mais que o sangue ao banco,
o coração a quem menos queremos
ou desejamos.
Mais que o corpo morto
ao bisturi dos estudantes.

Algo de nos
mais que o essencial.
O sol da madrugada.

A bandeira de trégua.
O salario de greve.
(Sementes para o trigo de amanha)

Algo de nos;
não o gesto de luta,
mas a luta,
não a caridade piedosa
e nossa floração de ouro e rosa.

Algo e preciso dar, Sebastião,                                                    
O sal do sono.
algo de amar, algo de pão.
Hoje e o verbo dar                                                                                     
a primeira lição,
pois assim, amanha, todos terão.


Reynaldo  Jardim
do livro: Joaquim e outros meninos(Sangradas Esc…