Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2014

Saudade

Saudade




Estou sem pc
Estou com puta dor
de estar assim
Sem você




30/09/2014 
Teresa Jardim

do nada

DO NADA


O POEMA ESTAVA GUARDADORESERVADO NUM CANTOPARA DESPERTÁ-LO ME VALEUUMA DOSE DE PERSISTÊNCIA
          DO NADA E SOBRE ISSO TUDO          BROTARAM AS IDÉIAS EM FLOR          COMO OCORRE NA NATUREZA          SEM PRÉVIA EXPLICAÇÃO
A FLOR DE LÓTUSE A FLOR DO CACTO (CACHOS)A FLOR QUE RACHOU O ASFALTO...INVADIU O MURO E O JARDIM
           QUEM HAVERIA DE INTERFERIR           IMPEDIR A  NATUREZA DE ENTRAR           SABEMOS QUE O CIMENTO SUFOCA           VAMOS ABRIR JANELAS E PORTAS
 17.09.014  TERESA JARDIM 

já elvis

JÁ ELVIS
Ele era meu porto seguroMeu ninho tranquiloMeu berço de amorEle era a esperançaDe um novo mundo
Ele chegou no meu planoDe realidade paraFirmar os meus pésNo chão da TerraAbraçar a vida
Resguardar a saúdePrezar a consciênciaSaborear o doceDa convivênciaEntre irmãos de fé
Irmãos de amorParceria indestrutívelMultiplicada pela natureza"Mas foi foi tudo um sonho"Acabou!
agosto-2014teres jardim