Postagens

Mostrando postagens de Março, 2013

MINI POEMAS (década de 80)

-Se o Bem não prevalecesse,
a Vida já não existiria !
   Teresa Jardim


"pura matemática"

PAZ + AMOR= POESIA

   TERESA JARDIM


minha casa é o universo
meu quarto; a mãe-terra
_ minha cama ?
_ a vida humana !
                teresa Jardim 



Se não posso escrever um livro 
em um minuto
Posso descrever o minuto
                           em um livro
TERESA JARDIM

RASTROS OU PEGADAS

A Poesia saiu do armário            Virou do lado do avessoAo contrárioE num tropeço...Voltou ao começoE no inícioSe afastou do precipícioSe alongou na trilhaNão deixou pistaRastro ou pegadas

Senão essa chama que ardeNo peitoQue me consome Assim sem jeito..._Um coração desoladoPor ti e pelos seusAbandonado_Um coração desarmadoFerido e inconsolávelAmargurado        29 de junho de 2011

solter nurami

SOLTER NURAMI          -TU ÉS COMO O SOL                                CHEGAS  IRRADIANDO                            VIDA E ALEGRIA                               BRINCANDO E AGITANDO                             (   EXPULSANDO OS FANTASMAS    ATÉ ENTÃO ESCONDIDOS NA POEIRADOS LABIRINTOSATRAS DOS MOVEIS COLONIAISNOS BAÚS DOS MUSEUS ABANDONADOSCHEIOS DE TEIAS DE ARANHA...)                               -SEU  NOME CONDIZ                               QUANDO SE DIZ TERNURA                               EM SEUS OLHOS DE AMOR                               A BELEZA É PURA !POR ONDE ANDAS POR ONDE FOR...DEUS ESTARÁ PRESENTE MAIS FELIZE AINDA MAIS CONTENTEEM ENERGIA POSITIVA E ALTO ASTRAL!                27.12.2011     -Uberlândia                      MÃE Teresa         

LETRAS POÉTICAS

Imagem
Imagem
APROVEITE E CURTA LOGO ESSES INÉDITOS
ESTARÃO SENDO
PUBLICADOS..
- O QUE ACHOU ?

ENSINANDO E APRENDENDO

        ENSINANDO E APRENDENDO
Tem época que o poema nasce prontoNo ponto, sem cortes, retoques, nem lapidação.É uma forma de criação  instantânea, empírica E simultaneamente intuitiva.Existem outras formas de fazê-loAté pra se produzir um soneto Ou um  Hai-Kai. Muitas vezesPra chegarmos onde queremos Teremos que limpar e enxugar ao máximo o texto poéticoO necessário até se eleger sintéticoNa idéia original: Um poema Que contenha em si toda a poesiaque o poeta se predispõe a fazerAconchegado no seio de sua identidade familiar:O Livro Independente. inicio de 2012
Imagem
Algumas letras da nova versão do Alfabeto poético em primeira mão pra vc !

Poemas inéditos `` VERdeVERDAD´´

VERdeVERDAD
Não adianta fugir do verde Da verdade em vida.Porque ela vai aflorar de todo jeito.Como aquela jaqueira lá na rua...Com tantos cortes agressivos. Cortes de grandes galhosTerminou por colocar jacas pela parte de baixo do seu troncoPerto da raiz e nem por isso, nem por tudo ela deixou de produzir.Rachando o asfalto, rompendo barreiras, obstáculos. _ Cada um em si traz uma verdade:Mesmo que conturbada"Todos somos verdades"Pra que negar a Verdade Absoluta?Se isso é o melhor da fruta, a essênciaO caminho da paz.A bondade do amor e do carinho. Dá prá seguir por outro caminho?
Teresa Jardim     Fev/2012

Poesia inéditas ´´POEMA D´ALMA``

                    “POEMA D’ALMA”                
O poema vindo da alma da gente, do âmago de nossa existênciaComo um compacto vital de poesia. E assim, a poesia materializada Em seiva... fonemas versos palavras. Encontra- se na musicaExpõe- se em escultura, artes plásticas. A poesia consagra- se  noCinema. Explode nos teatros e nas ruas! Em livros  e “fanzines”, livretos e revista.A poesia artista dribla o sistema, sem problema. Ela é a aliança dosApaixonados. Underground, ela é livre, e aquece, mas não queima ... Te la a mão vale muito mais a pena...
                       Teresa Jardim / 2011